Astrônomos japoneses detectam luz visível vinda de buraco negro

Luz visível de buraco negro é detectada pela primeira vez

Astrônomos japoneses da Universidade de Kyoto conseguiram detectar, pela primeira vez na história, luzes visíveis de um buraco-negro. Os cientistas descobriram que os buracos negros podem ser observados através de um telescópio amador, com lentes pequenas de cerca de 20 centímetros, quando materiais soltos no espaço caem neles e liberam explosões de luz, de acordo com o jornal Guardian.


A aparente contradição surge quando a gravidade de um buraco negro puxa a matéria de estrelas próximas, produzindo luz que pode ser visto a partir de um telescópio modesto 20 centímetros. Os pesquisadores detectaram ondas de luz vindas de V404 Cygni, um buraco negro ativo da constelação de Cygnus, quando ele finalmente acordou em junho de 2015, após um período de 26 anos dormindo.


Ainda segundo o jornal, Mariko Kimura, um dos cientistas que participou da pesquisa, reportou em artigo no jornal Nature como os telescópios captaram flashes de luz provenientes do buraco negro, durante um período de atividade de cerca de duas semanas. Os flashes podem durar apenas alguns minutos ou algumas horas.

"Agora nós sabemos que podemos fazer observações baseados em raios ópticos - luz visível, em outras palavras - e que buracos negros podem ser observados sem telescópios de alto espectro de raios-x ou raios-gama", afirma Kimura.

Poshak Gandhi, astrônomo da Universidade Southampton, afirma que o buraco negro brilhou muito quando a matéria foi puxada para dentro dele, apesar do véu de gás e poeira cósmica que o envolve.

FONTE: MSN
Previous
Next Post »
Estudando o Universo - 2017. Tecnologia do Blogger.